Artigos

A importância da Medicina Preventiva

Saúde Empresarial

A Medicina Preventiva é uma especialidade médica pautada na prevenção das doenças em vez da cura e/ou tratamento dos sintomas. Por meio dessa vertente da medicina, os pacientes obtêm melhora na qualidade de vida. Além disso, há redução considerável nos gastos envolvidos com o tratamento das doenças, tanto para os cofres públicos como para o setor privado.

A Associação Nacional de Saúde Suplementar (ANS) acrescenta que a Medicina Preventiva também engloba ações de prevenção para evitar complicações para pacientes que já apresentam quadros clínicos. Dessa maneira, as estratégias da Medicina Preventiva são divididas em quatro estágios:

• Primário: prevenir a doença antes mesmo que ela possa se desenvolver;

• Secundário: diagnósticos precoces com o intuito de poder tratar as doenças ainda nos estágios iniciais;

• Terciário: procedimentos para diminuir os sintomas e complicações, devolvendo as funções normais da pessoa;

• Quaternário: métodos para minimizar ou evitar, quando possível, procedimentos desnecessários ou considerados excessivos nos sistemas de saúde.

Os profissionais da Medicina Preventiva atuam de forma integrada, realizando consultas de rotina, exames preventivos, promovendo campanhas de conscientização e de cuidados e monitorando a saúde das pessoas e familiares.

Medicina Preventiva nas empresas

A falta de programas de gestão de saúde, voltados à qualidade de vida e o bem-estar das pessoas, não impede a incidência de patologias crônicas e encarecem as despesas médicas. Estima-se que depois do salário, os planos de saúde são a maior despesa das corporações com folha de pagamento.

A verdade é que, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a maioria das doenças poderia ser evitadas por meio de melhores hábitos de vida, consultas preventivas, e acompanhamento constante.

Promover e investir na Medicina Preventiva é uma forma das empresas reduzirem os gastos com medicina assistencial e melhorar a qualidade de vida dos colaboradores. Em contrapartida, além do ganho financeiro, há outros benefícios obtidos.

Benefícios da Medicina Preventiva

• Melhora do clima organizacional;
• Redução nas taxas de absenteísmo;
• Menos afastamentos e atestados;
• Funcionários mais saudáveis e produtivos;
• Retenção de talentos.

Há diversas campanhas e abordagens dentro da Medicina Preventiva que podem ser adotadas pelas organizações. Campanhas de vacinação, programas de ginástica laboras, palestras educativas e apoio antitabagismo são algumas delas. Todavia, é importante a atuação integrada com especialistas no assunto e a gestão integrada com demais estratégias empregadas pela empresa.