Artigos

A importância da SIPAT

Saúde Empresarial

A conscientização e a prevenção são as maneiras mais eficazes de reduzir as taxas de acidentes de trabalho e doenças ocupacionais. Esse é justamente o foco da Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho (SIPAT), uma atividade anual, obrigatória à todas as empresas que possuem uma Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA).

A Norma Regulamentadora número 5 (NR-5), que estabelece as diretrizes da CIPA, prevê no item 5.16 (das atribuições), que compete à CIPA “promover, anualmente, em conjunto com o Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT), onde houver, a Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho – SIPAT”.

Como funciona a SIPAT

Os membros da CIPA, junto aos gestores e RH da empresa, precisam promover, todos os anos, uma semana inteira de atividades voltadas à prevenção de acidentes de trabalho e doenças ocupacionais. Isso pode ser feito por meio de palestras, treinamentos, atividades recreativas, dinâmicas, etc.

O principal objetivo da SIPAT é fazer com que os trabalhadores tomem conhecimento dos riscos ocupacionais que estão submetidos e dos devidos cuidados que devem ter, diariamente, no exercício da função.

Benefícios da SIPAT

  • Redução nos acidentes e doenças ocupacionais;
  • Diminuição nos índices de afastamento por tratamento;
  • Colaboradores mais saudáveis e produtivos;
  • Melhora do clima organizacional;
  • Integração entre profissionais e departamentos.

O que deve ser abordado na SIPAT

Mesmo organizações com riscos baixos devem investir nessa ação. Afinal, doenças ocupacionais também ganham foco nessa ocasião. Portanto, compete aos organizadores levantar as principais necessidades da companhia e dos colaboradores, para que os temas abordados na SIPAT sejam melhor aproveitados.

Temas como DST – Doenças Sexualmente Transmissíveis, alcoolismo e tabagismo, obrigatoriamente, devem ser abordados em todas as edições da SIPAT. Além deles, a empresa é livre para trabalhar conceitos que melhor se enquadrem na realidade da organização.

A SIPAT pode conter:

  • Palestras e seminários com especialistas em Saúde e Segurança do Trabalho (SST);
  • Palestras e seminários com médicos de família;
  • Campanhas de Prevenção da AIDS e DST’s;
  • Atividades motivacionais;
  • Ginástica laboral;
  • Dinâmicas e gincanas;
  • Conteúdo voltado aos familiares e comunidade;
  • Treinamentos;
  • Distribuição de brindes.

Na hora de planejar a SIPAT, além de levantar os temas mais estratégicos para a companhia, é preciso considerar alguns fatores. Um deles é o calendário de execução das atividades, é importante que a semana não coincida com épocas como fechamento de metas ou de alta demanda.

Além disso, é preciso considerar a estrutura e o espaço físico nos quais serão executadas as ações. Outra dica é investir em parcerias com especialistas no assunto. Dessa forma, a SIPAT não é realizada somente como uma obrigação, mas sim como um investimento em uma atividade voltada a melhora nos índices de desempenho da empresa.

O Imtep oferece um moderno programa de Segurança e Prevenção, além de contar com especialistas altamente capacitados. Conheça mais sobre o programa e os benefícios de tê-lo na sua empresa!