Artigos

A importância do comportamento seguro nas empresas

Saúde Empresarial

Reduzir os índices de acidentes de trabalho é uma missão urgente das empresas. Para tanto, é preciso agir nos agentes causadores, entre eles, o fator humano. Muitos empresários focam em fornecer EPI, mas dão pouca importância ao comportamento seguro.

Primeiramente, é importante frisar que nenhum trabalhador se acidenta porque quer, isso é uma consequência de inúmeros erros. Entretanto, muitas vezes, os colaboradores não seguem as normas e acabam colocando em risco a própria segurança e a dos demais colegas.

O que é o comportamento seguro

As empresas brasileiras operam sob uma rigorosa legislação de Saúde e Segurança no Trabalho. Há a obrigatoriedade de oferecer EPI, criar a CIPA, Sipat, Brigada de Incêndio, instalar proteções e sinalização, etc.

O comportamento seguro é quando o funcionário, ciente dos riscos que sua profissão oferece, adota ações e medidas para proteger a sua integridade e a dos demais colegas.

Isso inclui fazer o uso correto dos equipamentos de segurança, trabalhar com atenção, respeitar as regras de utilização de máquinas e equipamentos, ajudar os parceiros de trabalho e não se expor a riscos desnecessários, entre outros.

Dicas de conscientização do comportamento seguro

  • Realizar treinamentos sobre saúde e segurança no trabalho;
  • Esclarecer os riscos que cada atividade está submetida;
  • Educar os colaboradores sobre a importância do pensamento coletivo;
  • Mostrar dados e casos de acidentes por causa de comportamento inseguro;
  • Conversar com os funcionários sobre o uso de equipamentos de proteção.

Motivos do comportamento errado

Segundo o psicólogo e pesquisador brasileiro na área de segurança do trabalho, José Augusto Dela Coleta, os comportamentos e atitudes dos trabalhadores não podem ser analisados sem considerar todo o contexto que estão inseridos.

Dessa forma, o comportamento seguro é uma consequência de uma série de atitudes e responsabilidades dos gestores. Por exemplo, muitos acidentes acontecem por desconhecimento sobre as normas. Outros, por desatenção ou falta de motivação dos funcionários.

Nesses casos, um olhar mais atento das lideranças tanto em treinamento como percepção dos colaboradores pode ser fundamental para detectar os causadores do comportamento errado.

Além disso, há o acidente causado pelo excesso de confiança, quando a pessoa executa a mesma atividade há tanto tempo que desenvolve o “jeitinho”. Esse tipo de atitude é totalmente contrária ao comportamento seguro e, portanto, precisa ser evitada.

Quer melhorar o comportamento seguro na sua empresa? Conheça os cursos e treinamentos do Imtep!