Artigos

Novembro Azul – O primeiro passo é manter-se sempre bem informado

Saúde Empresarial

No mês de conscientização da saúde do homem, disseminar informações é fundamental para ajudar a salvar vidas. O câncer de próstata, segunda maior causa de câncer na população masculina, afeta 1 em cada 6 homens. Por isso, a campanha Novembro Azul foi criada com o intuito de divulgar a importância do cuidado precoce com a doença.

Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca), no biênio 2018–2019, serão diagnosticados mais 68.220 casos de câncer de próstata. Esta doença consiste em uma multiplicação desordenada das células da próstata, glândula do sistema reprodutor masculino que tem a função de produzir o líquido seminal.

Campanha Novembro Azul

O principal objetivo da campanha nacional Novembro Azul é conscientizar toda a sociedade, principalmente os homens, sobre a importância de cuidar da saúde e se prevenir do câncer de próstata.

A iniciativa foi criada pelo Instituto Lado a Lado pela Vida (LAL), que, desde 2008, já promovia ações relacionadas a essa enfermidade. O Novembro Azul é inspirado no movimento internacional de combate ao câncer de próstata Movember (junção das palavras em inglês moustache “bigode” e november “novembro”).

No Brasil, instituições públicas e privadas que apoiam a campanha buscam realizar ações em alusão ao Novembro Azul, como iluminação ou decoração na cor referência. Tudo isso com o propósito de estimular à população masculina a realizar consultas preventivas.

Impacto do câncer de próstata

Depois do câncer de pele não melanoma, o câncer de próstata é o tipo de câncer mais comum nos homens. De todos os tipos cancerígenos, 21,3% são de próstata. Em relação ao número de casos, o Inca contabiliza um aumento de 10% de 2017 para 2018.

Cenário preocupante para a população, mas que, por outro lado, indica que mais pessoas estão sendo diagnosticadas precocemente. Isso eleva a probabilidade de cura em 90%, segundo a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU). Em 2015, 14.484 pessoas morreram por causa da doença.

Fatores de risco e a importância da prevenção

O principal grupo de risco para o câncer de próstata são homens com mais de 50 anos e/ou com histórico da doença na família (nesse caso a faixa etária de risco diminui para 45 anos).  Além disso, os hábitos de vida influenciam diretamente nas chances de desenvolvimento da doença.

Fatores de risco:

  • Inflamação na próstata;
  • Envelhecimento;
  • Histórico familiar;
  • Tabagismo;
  • Obesidade;
  • Alcoolismo;
  • Sedentarismo.

Portanto, a prevenção consiste tanto em melhorar o estilo de vida, por meio de alimentação equilibrada e prática de atividades físicas, quanto consultar o médico regularmente. Em estágios iniciais, o câncer de próstata pode não apresentar sintomas, por isso a importância dos exames preventivos para a população de risco.

Vamos ajudar a salvar vidas? Compartilhe essas informações e ajude outros homens a cuidarem da saúde!