Artigos

Estresse e ansiedade no trabalho

Saúde

Jornadas excessivas, metas e prazos cada vez mais apertados e impossíveis de cumprir, assédio moral e psicológico por parte de chefias e clientes, mercado de trabalho acirrado, pressão por resultados, entre outras. Essas são as causas mais comuns do estresse e ansiedade no trabalho, um mal que está comprometendo seriamente a saúde mental das pessoas.

De acordo com uma pesquisa da International Stress Management Association (Isma – Brasil), cerca de 90% dos empregados brasileiros apresentam algum sintoma de ansiedade e/ou estresse. Em níveis moderados e controlados, a ansiedade e o estresse podem ser suportados. Entretanto, se não houver medidas resolutivas, o problema só tende a aumentar.

Problemas causados por estresse e ansiedade no trabalho

Não é, somente, a produtividade do colaborador que está em jogo por causa desses fatores. Uma pessoa, sob constantes agentes estressores e desencadeadores de ansiedade, pode ter a saúde mental seriamente comprometida, passando a produzir menos e com menor qualidade, desenvolvendo problemas de saúde física e comprometendo todo o clima organizacional.

Segundo o Boletim sobre Benefícios por Incapacidade, do governo federal, de 2012 a 2016, mais de 17 mil benefícios foram liberados para pessoas que sofriam de transtornos mentais e/ou comportamentais. Hoje, as doenças mentais são a terceira maior causa de afastamento entre os colaboradores dos brasileiros. Em casos mais graves, a ansiedade e o estresse levam à depressão, considerada mal do século pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Melhorando o clima organizacional

A ansiedade é algo natural do ser humano, sendo entendida como uma resposta do organismo diante a uma “ameaça”. Entretanto, quando há um descontrole, essa ansiedade gera danos sérios, podendo desencadear crises de ansiedade, que inclui dores no corpo, falta de ar, taquicardia, paralisia, entre outros. Já o estresse é fator de risco para doenças crônicas e infarto.

Portanto, o ambiente de trabalho deve ser estruturado de forma a permitir que o funcionário possa desenvolver suas atividades da maneira mais saudável possível. Assim como há regras específicas que visam proteger de acidentes, é necessário cuidar dos agentes que estão causando danos à saúde mental das pessoas.

Normalmente, um mapeamento de clima fornece respostas sobre o que é necessário mudar. Consequentemente, os gestores precisam traçar estratégias visando um espaço mentalmente mais sadio e que não interfira na produtividade da empresa.

Faça agora mesmo uma avaliação do clima da sua empresa e ajude seus funcionários a serem mais saudáveis e produtivos!