Blog

Prevenindo Doenças do Trabalho

Saúde Empresarial

Atualizado em: 25 de maio de 2018

O médico do trabalho ainda chama a atenção que, além de acidentes, que podem causa a morte, a invalidez ou o afastamento do trabalhador por um período considerável, é preciso prevenir também as doenças relacionadas ao trabalho: tanto ortopédicas, causadas por postura inadequada, esforço repetitivo, excesso de carga, entre outras, como as causadas por exposição a algum agente químico ou biológico, ou mesmo ao ruído no ambiente de trabalho. “A sociedade atual funciona com uma motivação de produção de maneira muito intensa. E as exigências para alcançar metas e para conseguir produzir o que é esperado tem sido cada vez mais presente no cotidiano dos trabalhadores. E é muito possível que isso seja um dos fatores que influencia esse aumento de patologias, além é claro, da melhoria dos métodos diagnósticos que nos permitem identificar que determinada doença tem origem na atividade labora do paciente”, diz.

Guilherme Murta cita que as doenças psiquiátricas tem sido, nos últimos anos, as que deixam o trabalhador mais tempo afastado de suas atividades, enquanto os problemas musculares são os que atingem com maior frequência essa população. “É importante que a empresa esteja preparada para combater a doença antes que ela surja, na prevenção, ou seja, ter um mobiliário adequado, ter uma organização de trabalho, um ritmo de trabalho compatível com o quadro de funcionários e que a formação desse funcionário seja para trabalhar nessa empresa específica, com o maquinário que ela oferece. Isso tem que ser tudo adequado, e entendo que a melhor forma de fazer isso é com treinamento adequado, uma estrutura adequada, e ao apresentar os primeiros sintomas, que haja essa sinalização para que haja uma consulta médica e essa doença seja tratada logo no início, para que não prolifique.

 

Fonte: Revista Medicina & CIA | Edição 40 | Novembro de 2015