Blog

Saúde integral – cinco passos para cuidar do bem-estar dos colaboradores

Sem categoria

Atualizado em: 16 de outubro de 2020

O conceito de saúde integral enfatiza que o corpo e a mente devem ser tratados como um campo único de cuidado. Desta forma, para estar fisicamente saudável, também é preciso estar bem psicologicamente.

No entanto, diversos fatores estão relacionados ao bem-estar físico e emocional. Por isso, é importante acompanhar os funcionários, avaliando quais são suas principais queixas. Assim, a empresa pode verificar de que forma pode contribuir para melhorar a saúde integral de todos.

Isso exige uma visão mais ampla de saúde, principalmente neste momento em que muitos trabalhadores tiveram que se adaptar a novas rotinas.

Cuide da saúde ocupacional

A saúde ocupacional é fundamental no processo de saúde integral, não somente para o acompanhamento das equipes presenciais, mas também dos funcionários que estão em trabalho remoto. Essa é área da saúde responsável por acolher os funcionários e entender suas queixas, orientando as lideranças e as equipes sobre o que precisa ser feito.

Avalie a estação de trabalho

A ergonomia não deve ficar restrita ao ambiente de trabalho. O funcionário que está em home office também precisa ser assistido quanto à postura e às rotinas laborais. É preciso avaliar a forma como esse colaborador está trabalhando e orientá-lo para que possa desenvolver as funções da melhor forma possível e com os mesmos recursos que estão disponíveis na empresa.

Incentive a alimentação saudável

Com as pessoas permanecendo mais tempo em casa, muitas estão descuidando da alimentação e consumindo mais produtos industrializados. É importante fazer o acompanhamento nutricional das equipes com campanhas de orientação e programas voltados à alimentação saudável. Isso contribui para a manutenção da saúde integral e evita o desenvolvimento de problemas relacionados ao sobrepeso, como diabetes e colesterol, por exemplo.

Estimule a prática de exercícios

A pandemia também fez com que muitas pessoas deixassem de praticar exercícios e atividades simples do dia a dia, o que pode ter contribuído para o aumento do nível de sedentarismo. Por isso, criar um programa de incentivo à prática de atividades pode ser bastante motivador, além de ajudar a manter a saúde integral dos colaboradores, ainda auxilia na disposição e bem-estar.

Cuide da saúde emocional

Nesses novos tempos, a saúde emocional vem sendo testada constantemente. As principais queixas são relacionadas à sobrecarga de trabalho, à sensação de esgotamento físico e o aumento da ansiedade. Sendo assim, é fundamental que a empresa invista em programas de saúde emocional para que o colaborador tenha assistência profissional e consiga lidar com esse momento desafiador.

Acompanhe também:

A importância do telemonitoramento da saúde em tempos de pandemia

O futuro da saúde já chegou